Quem Trouxe? Quem trouxe?
Foi o Pingo Doce

Ajuda-nos a pedir à Jerónimo Martins para parar com práticas de crueldade animal

A Investigação

Atenção! Conteúdo sensível

Estas imagens podem conter cenas suscetíveis de ferir a sensibilidade dos utilizadores

Excerto do documentário “Dominion”

Expectativa

O que nos diz o Pingo Doce

Realidade

O que se passa nas explorações que o fornecem

1

1. Lorem Ipsum

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam maximus accumsan nulla, ornare rutrum velit egestas at. Pellentesque eget placerat nisi. 

1

1. Frankenchicken

Animais selecionados geneticamente para crescer a uma velocidade tão acelerada que os seus corpos não aguentam o seu próprio peso, acabando mesmo por não se conseguirem levantar. Têm dias de vida e o corpo de um adulto.

2

2. Lorem Ipsum

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam maximus accumsan nulla, ornare rutrum velit egestas at. Pellentesque eget placerat nisi. 

2

2. Animais com deformidades

Incapaz de se alimentar, muitos destes animais vivem a sua curta vida em constante sofrimento.

3

3. Lorem Ipsum

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam maximus accumsan nulla, ornare rutrum velit egestas at. Pellentesque eget placerat nisi. 

3

3. Atropelados e ignorados

Se sobreviverem aos abusos da exploração, o que os espera é a violência do transporte. Animais atirados, caídos e atropelados, podem ter a sorte de uma morte rápida ou ali ficarão a definhar em sofrimento.

4

4. Lorem Ipsum

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam maximus accumsan nulla, ornare rutrum velit egestas at. Pellentesque eget placerat nisi. 

4

4. Transportados com violência

Animais agarrados pelas patas e atirados e amontoados em caixas, como se fossem coisas, sem qualquer respeito e reconhecimento pela sua senciência.

O pedido da Abrir de Asas

A Jerónimo Martins recusa-se a tomar medidas que possam minimizar o sofrimento de milhões de animais explorados para a venda de frango na sua cadeia de abastecimento. A ADA pede à Jerónimo Martins que adira ao European Chicken Commitment que reúne uma série de medidas que têm como objetivo melhorar as condições de vida que são proporcionadas a estes animais.

Os portugueses falaram e a ADA ouviu!

Os cidadãos portugueses são os que mais defendem a melhoria de bem-estar animal em toda a Europa. Agora mostramos aos portugueses como é que os animais são criados. Vamos trabalhar para mudar esta realidade. Ajuda-nos a pedir à Jerónimo Martins para parar com este tratamento cruel.

Assunto: Quem Trouxe? Quem trouxe? Foi o Pingo Doce

“O que fazemos é tão importante como a forma como o fazemos. Responsabilizamo-nos pelas nossas decisões, não mentimos. Regemo-nos pela ética e pela honestidade e tomamos decisões de longo prazo que servem os interesses das nossas pessoas, dos nossos clientes, das nossas comunidades e também dos nossos acionistas…”

Os valores do Pingo Doce parecem chocar com a realidade das mais recentes imagens divulgadas acerca da vossa produção de frango.

Estas investigações aos vossos fornecedores revelaram que os frangos sofrem graves problemas de saúde, claudicação, problemas de pele e morte prematura. Com a seleção genética das raças usadas na vossa cadeia de fornecimento, uma proporção significativa de frangos criados nestas condições intensivas sofre rotineiramente de doenças respiratórias e cardíacas e outros problemas de saúde. Esses problemas não são apenas atribuídos ao uso de raças de rápido crescimento, mas também à densidade dos pavilhões e à violência no manuseamento dos animais.

Graças a estes factores, estes animais usados para a produção de frango vêem-se impossibilitados de realizar os seus comportamentos mais básicos e naturais da espécie e até mesmo de se deslocarem para ter acesso a alimento e água.

O vosso fracasso para com o bem-estar animal é um fracasso para com os vossos clientes, pois a promessa de qualidade dos vossos produtos fica aquém do esperado.

As altas densidades populacionais e as condições stressantes originam camas de má qualidade, assim como o ar respirável dentro das explorações. É ainda possível ver canibalismo dentro destes locais. Isto não é apenas uma ameaça à saúde e ao bem-estar dos animais, mas também à saúde humana. Além disso, aves de crescimento mais rápido requerem um maior uso de antibióticos em comparação com raças de crescimento mais lento.

Centenas de empresas em todo o mundo já assinaram o European Chicken Commitment e comprometeram-se a resolver estas importantes questões de bem-estar. Nós, abaixo-assinados, apelamos ao Pingo Doce para que faça o mesmo.

[Assinatura]


Sê voz ativa!

Utiliza o modelo de e-mail que aqui disponibilizamos para abordar o grupo Jerónimo Martins sobre esta matéria

Queres-te juntar à ADA nesta missão e apoiar com mais ações?

Pondera ser voluntário/a. Pedimos apenas 10 minutos do teu dia e nem precisas sair do sofá.

Vídeo:

Excerto do documentário "Dominion"

Play Video

Créditos fotográficos © Farm Transparency Project / Dominion

Texto da petição:

Pelo fim do abate de pintos machos

Reconhecemos que esta prática é cruel, inaceitável e desumana, devendo ser legalmente proibida. Consideramos ainda que tal método não se justifica e não é coerente com as políticas de Bem-Estar Animal que a indústria e a legislação portuguesa dizem implementar. 

Queremos ver esta prática abolida e incentivos à investigação de tecnologias mais compassivas na indústria.

Atenciosamente,

×